sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

STONE BROTHERS CERVEJARIA - TROPICAL TOP ~~ FLASH DAY

Com a correria do meu final de ano acabei abandonando o blog de vez no último mês, mas por uma causa nobre. Afinal não é todo dia que você termina a faculdade de engenharia, mas não é disso que eu vou falar hoje. O post está totalmente atrasado e esse evento ocorreu há pouco mais de um mês.

O Tropical Top foi um evento no formato de Flash Day (pra quem não sabe clica aqui) que marcou a inauguração do espaço OHKA. Não por acaso um dos sócios do espaço é o design responsável por toda a identidade visual da Stone Brothers e nós não poderíamos ficar de fora dessa.

Levamos uma Witbier em que já estávamos desenvolvendo a receita e fizemos uma Blond Ale especialmente pro evento. A Blond tem até uma história curiosa, como estávamos com pouco tempo utilizamos rampas de fermentação e maturação e ela ficou pronta em duas semanas, mas depois eu conto em outro post os detalhes da receita.

Além das nossas cervejas participaram do evento a Teig. (sanduíches artesanais) e o Studio Tatuaria. E como cheguei cedo, acabei trocando uma ideia com o Fael e mandamos uma tattoo hehehe.



Mais uma vez a interação com a galera foi demais, conheci uma menina que trabalha no setor de qualidade da Itaipava com análise de flavors, troquei muita ideia com um conhecido que fez um curso de análises sensoriais recentemente. Em resumo foi mais um evento com muito aprendizado.

Diegão dando aquela aula sobre os maltes


E porque só hoje eu estou postando? Além do fato de não ter tido tempo, amanhã rola a segunda edição do evento, então quem tiver de bobeira na cidade não perde tempo e aparece lá.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

XT660 SCRAMBLER BY OLD EMPIRE MOTORCYCLE

A cada dia surgem mais e mais projetos fodásticos em cima de motos que as vezes nem pensamos que daria tão certo. A XT660 é uma puta moto, quem já andou sabe do que eu tô falando. E em cima dessa pegada retro dá ainda mais vontade de ter uma.


Temos que dar os parabéns à galera da Old Empire pela criatividade e simplicidade dessa moto. Acho que não preciso falar muita coisa. Só o vídeo é suficiente.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

BACKER - TRÊS LOBOS

Tinha um tempão que queria fazer um poste com os quatro rótulos da Série American Extreme lançada pela Backer há um bom tempo. Pra ser mais exato em 2010, quando eu ainda nem andava de moto, não tinha blog e muito menos conhecia as cervejas especiais. Já tinha bebido dois desses rótulos anteriormente, e acabei esperando para beber os outros dois e conseguir montar esse post. Com rótulos super elaborados (e que até rolou uma treta na época do lançamento) e cervejas complexas, cada uma com um detalhe especial.

American Pilsen
Adição de açúcar mascavo.


Graduação Alcoólica: 5,00% vol
Tipo: Pilsen
Volume: 355ml
Cerveja clara e translucida com espuma branca de baixa formação e boa duração. Aroma cítrico e frutado (diria que usam lúpulo Citra). Sabor maltado, corpo leve, com amargor bem inserido que permanece no after taste. Não senti o açúcar mascavo.

Exterminador de Trigo
Adição de capim limão.


Graduação Alcoólica: 4,80% vol
Tipo: Pilsen
Volume: 355ml
Cerveja de colocação amarelo escuro e turva. Creme branco de média formação e duração. Aroma cítrico e herbal, que remetem ao capim limão. Corpo leve e carbonatação média. Sabor de frutas cítricas, malte de trigo e amargor marcante do malte que persiste no aftertaste.

American IPA - Pele Vermelha
Adição de raspa de laranja.


Graduação Alcoólica: 7,00% vol
Tipo: IPA
Volume: 355ml
Cerveja de cor acobreada e tom de rubi contra a luz. Creme beje claro de boa formação e duração. Aroma maltado e frutado com características herbáceas que remetem ao lúpulo. Corpo médio com sabor frutado e notas de torrefação e amargor bem inserido que persiste no aftertaste.

American Imperial Porter
Maturada em barris de Amburana


Graduação Alcoólica: 9,00% vol
Tipo: Imperial Porter
Volume: 355ml
Coloração escura e opaca, creme bege de baixa formação, mas que persiste. Aroma de maltes torrados, chocolate e amburana. Sabor maltado e torrefado com tom amadeirado e amargor bem suave. A cada gole temos um aquecimento provocado pelos teor alcoólico mais elevado.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

STONE BROTHERS CERVEJARIA - 2° QUINTAL

O post tá meio atrasado, o blog tá meio abandonado pra falar a verdade mas sempre que dá eu tiro algumas horinhas, escrevo e vou postando aos poucos.

Se o 1° Quintal foi um sucesso, o segundo não poderia ter sido melhor. Dessa vez tivemos um tempinho para fabricar mais cervejas e levamos algo totalmente diferente do primeiro evento e até com certo receio de qual seria a resposta do público. Fizemos uma Red Ale com adição de canela e uma Dry Stout com os rótulos já definidos e com a identidade visual da cervejaria pronta.


Sobre as nossas receitas, pretendo fazer uma serie de posts contanto sobre cada uma, suas peculiaridades, erros e acertos, criação dos rótulos e o que os nossos amigos e futuros clientes podem esperar daqui pra frente.

Quanto ao evento, o medo que tínhamos sobre a aceitação das receitas principalmente da Dry Stout, por se tratar de uma cerveja escura e quando se fala nesse tipo de cerveja a grande maioria associa à Caracu. Mas aos poucos o medo foi indo embora e a galera provou e aprovou a breja.


Por se tratar de um evento que engloba música, gastronomia e artesanato tem sempre uma interação muito legal. Nesse por exemplo, teve uma apresentação rap de um argentino e um colombiano. E que negócio foda! No meu Instagram tem um vídeo deles que vale conferir.

Ainda sobre os caras, o argentino trouxe um amigo para conhecer a festa e principalmente as cervejas já que ele trabalha como mestre cervejeiro em uma micro cervejaria. Não consigo lembra o nome dele (esse é um dos problemas de demorar para fazer os posts), mas nós conversamos bastante mesmo agarrando em alguns termos já que ele tá aprendendo o português e eu não sei nada de espanhol. Ele experimentou as duas cervejas, fez várias críticas construtivas, me deu dicas de armazenamento e deu até uma avaliada nas cervejas, me ajudou a identificar um off flavor (muito sutil, mas que estava me incomodando) na Red Ale e disse que a Dry Stout está redonda, ideal até para entrar em concursos.

Realmente foi muito proveitoso e no mês dezembro muito provavelmente teremos a terceira edição. Fiquem atentos aqui no blog e nas redes sociais da Stone Brothers.