segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

FAÇA VOCÊ MESMO #02

No ultimo post sobre as peças que eu fiz, falei sobre os protetores de radiador para a Shadow. Alem dessas, cheguei a rascunhar algumas peças como comando avançado, suporte lateral de placa e projetei esse escape serrado.



Infelizmente não deu para produzir as peças, principalmente por falta de tempo. Mas com certeza foi um ótimo aprendizado. E se você meu amigo, ficou com vontade de fazer alguma coisa por sua conta, vai fundo. É muito gratificante, quando se faz algo que gosta. Mesmo que não saia do jeito que planejou e dê tudo errado, ainda assim vai ser uma experiência nova. Se quiser mais detalhes sobre os desenhos do protetor ou do escape me mande um e-mail.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

TÉNÉRÉ - UPDATE VAZAMENTO DE ÓLEO NO MOTOR

Semana passada fiz uma postagem explicando o problema do vazamento de óleo no motor da Ténéré. Com a troca das juntas o motor está tinindo. Agora é só rodar e acompanhar se não haverá mais nenhum problema.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

FAÇA VOCÊ MESMO #01

Acho que nunca comentei por aqui, mas tenho formação no Senai como Mecânico de Usinagem (que engloba tornearia, fresagem e ajustagem), Técnico em Manutenção de Máquinas e especialização em software para projetos mecânicos (área em que trabalho há mais de 5 anos). Então eu tenho uma ligação muito forte com a mecânica e fabricação de peças.

No período que fiquei com a Shadow, deu pra tirar algumas medidas e fazer esse protetor de radiador. Fiz o desenho em AutoCAD, cortei, dobrei, soldei e depois foi só mandar para um conhecido meu cromar (esse pode ser um problema, mas se não tiver como cromar pode fazer em chapa inox, por exemplo).




Depois que vendi a moto, anunciei a peça no Mercado Livre. Um dos interessados perguntou se não teria a possibilidade de fazer um com desenho exclusivo. Topei o desafio e fiz um protetor para o gremista Ricardo.


E aparentemente ele ficou muito satisfeito com a peça.

"O vendedor se superou montou sob medida e de forma exclusiva este produto para mim é um pessoa fora de série, recomendo a todos que querem peças exclusivas"

Disse na qualificação do Mercado Livre.

Depois disso não fiz mais nenhum, até porque não fica barato fazer uma peça dessas principalmente por se tratar de um processo todo artesanal, desde o desenho até o acabamento.

Já o protetor que fiz para a minha moto, ainda está a venda. Para comprá-lo é só acessar o link. Faça uma pergunta falando que viu o post aqui no blog que eu faço um preço especial.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

BACKER - BOHEMIA PILSEN

Um dia desses estava no mercado e parei pra comprar umas brejas. Peguei uma Backer de Trigo, uma Pale Ale e esse novo rótulo: Bohemia Pilsen.


Graduação Alcoólica: 4,70% vol
Tipo: Pilsen
Cerveja de cor clara com boa formação de espuma e ótima duração. No olfato, um cheiro amanteigado (que chegou a me incomodar) e pouco aroma de lúpulo. Apresenta sabor mais encorpado com notas cítricas, amargor maior do que se espera para o estilo, carbonatação de média para baixa e final seco.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

TÉNÉRÉ - VAZAMENTO DE ÓLEO NO MOTOR

Um problema crônico que atingiu algumas centenas de Ténérés 250cc, foi a montagem errada de um anel O-ring responsável pela vedação de um duto do sistema de refrigeração de óleo. E isso se estende às Fazers e Landers, já que os três modelos compartilham o mesmo motor. Vários são os relatos desse problema, desde aqueles que apareceram com a moto tendo rodado menos de 10 mil km (e ainda dentro da garantia) até os que passaram dos 25 mil km.


Segundo o pessoal da Yamaha o problema foi resolvido nas motos a partir dos modelos 2015. A minha moto é de 2014 e assim que comprei ela percebi o problema nos primeiros 30 km, mas como o vazamento ainda estava muito pequeno achei melhor não abrir o motor até que o mesmo aumentasse. Na época ela estava com pouco mais de 28 mil km e o vazamento não passava de uma mancha no local próximo ao duto de óleo.

Agora, quase um ano depois o vazamento teve um aumento. Após 10 minutos de uso rodoviário já se forma um acúmulo considerável no lado esquerdo do motor e que chega até escorrer pela tampa lateral.


Desde então tenho observado constantemente para ver se não há nenhum aumento e verifico o nível de óleo a cada dois ou três dias. Pra falar a verdade esse negócio te deixa meio paranoico.

A princípio deve-se trocar o anel O-ring (responsável pelo problema) e consequentemente as juntas do cabeçote e do cilindro. Ainda tem o O-ring da tampa de comando e as gaxetas do tensionador da corrente de comando e do tubo de distribuição de óleo que talvez precisem ser trocados (pelo menos o manual indica essa troca), mas como esse serviço não precisa do motor aberto eu posso tentar manter essas peças e caso haja necessidade trocá-las posteriormente.


Diferente da troca do pinhão e das pastilhas, a substituição de componentes do motor deve ser feita sempre por peças originais. O motor é o coração da sua moto e como o nosso, merece todo cuidado. Por isso já comprei as peças e pretendo efetuar a manutenção o quanto antes.

sábado, 13 de fevereiro de 2016

DICA DE LIVRO #01 - AS 100 MELHORES CERVEJAS BRASILEIRAS

Sempre que queria ler sobre algo eu procurava na internet. Nunca tive o hábito de comprar livros, procurava arquivos um PDF ou algo do tipo e fazia download (não façam isso crianças). Até que no final do ano passado estava em uma loja (entrei pra olhar alguns DVDs) e acabei parando na seção de livros sobre bebidas. Vários livros me chamaram a atenção, mas acabei comprando esse pequeno guia, que estava em promoção e custou R$19,00.


Como a capa diz, o livro traz uma seleção das 100 melhores cervejas nacionais, o que segundo o autor não foi muito fácil: "Há muitas cervejas de qualidade no Brasil, foi difícil chegar em apenas cem rótulos", afirma.

Com uma linguagem mais clean e direta, ele consegue passar de maneira prática e didática quais são os primeiros passos para quem deseja entrar no universo das cervejas artesanais. Desde os cuidados especiais com a degustação até um resumido guia de copos que foram indicados para degustar todas as cervejas listadas no livro.


O livro apresenta uma classificação de amargor, dulçor e corpo. Indica o estilo, teor alcoólico e temperatura ideal a ser servido. Além disso, faz um resumo sobre cada cerveja e conta um pouco da história das cervejarias, como por exemplo a Biritis, que é do filho do nosso querido Mussum.


E sobre aquilo que eu disse lá em cima de não ter o costume de comprar livros. Foi por água abaixo. Depois desse aqui, já comprei mais cinco e com certeza devo comprar mais alguns sempre que der.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

TÉNÉRÉ - TROCA DE PNEUS E OUTRAS COISAS

Quando comprei a Ténéré, ela estava com o pneu dianteiro meia vida, o traseiro praticamente no fim e a relação semi-nova. Então tive que trocar o pneu traseiro no primeiro mês com ela. Coloquei o Metzeler Enduro 3 para manter o mesmo grip da dianteira.

Agora no final de novembro eu troquei o dianteiro (R$200,00), tendo rodado pouco mais de  12 mil quilômetros com ele, então é quase certo que um pneu dianteiro novo rode pelo menos o dobro. E na última semana troquei o traseiro (R$265,00), e como esperado teve uma vida útil menor rodando aproximadamente 14 mil quilômetros.


Aproveitei também para trocar o pinhão e as pastilhas do freio traseiro. Antes de fazer troca, eu passei na CC da Yamaha pra ver os precinhos.

-Pinhão original 13 dentes: R$247,00;
-Jogo de pastilhas do freio traseiro: R$140,00;
-Cara do vendedor quando eu falei que queria só um pinhão e pastilha, e não uma moto nova: Não tem preço.

Deixando a brincadeira de lado, o pessoal da Yamaha deve achar que as peças deles são feitas de ouro. O valor somado das duas peças paga o serviço feito (pneu traseiro, pinhão e patilhas) e ainda sobra dinheiro pra encher o tanque.

O pinhão eu coloquei da Vaz (R$40,00), pois o original já estava quase sem dentes.


A principal diferença entre os dois é que o pinhão original possui um apoio para a corrente, coisa que ao meu ver não justifica essa diferença absurda no preço.

A pastilha até que eu podia prolongar um pouco mais o uso dela, mas preferi trocar de uma vez. Coloquei da Corbeg (R$25,00).


Não vou entrar no mérito de qualidade ou não de um produto paralelo. Até porque, pelo que eu pesquisei antes de trocar tem sempre opiniões divididas então comprei aquele que eu acho que vai me atender bem tanto do pondo de vista financeiro quanto funcional e caso tenha qualquer transtorno eu conto aqui.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

OPIE IS BACK

Um dos personagens mais emblemáticos que eu vi, deixou muita saudade nos fãs de Sons Of Anarchy e eu nem preciso explicar o porquê. Se você assistiu a série, sabe do que eu estou falando e pra quem não assistiu, eu recomendo.

Esse ano estreou um seriado e eu só assisti o porque vi o Opie (Ryan Hurst) no elenco. E acho que o pessoal da série usou bem isso. Fez parecer que ele só trocou o colete dos Sons por uma manta de couro. Fora isso, tá igualzinho.


Com o nome de Outsiders, pelo que vi do primeiro episódio a série tem tudo pra ser boa. Com cenas de ação, personagens enigmáticos, boa trilha sonora e um enredo muito original.


Não vou contar aqui pra não gerar spoiler, mas resumindo a história é de um clã (os Farrells) que vive em uma montanha a margem da lei, mas com sua própria cultura e regras. E o Opie, que agora atende por Lil Foster não anda mais de moto, mas tem um quadriciclo muito massa. Aparentemente ele é um membro importante do clã e homem de confiança.


Além disso o jeito de algumas coisas faz lembrar um pouco de Madmax com essa coisa de foras da lei e até mesmo os Sons no que diz respeito a irmandade. Vamos esperar os próximos episódios e ver o que acontece.

HD LOKONA

Eu tenho uma mania de salvar todas as fotos de moto que eu vejo por ai. As vezes tem coisa no meu pc ou celular que eu vejo e nem lembro mais onde ou quando peguei. Um dia desses estava dando uma organizada nas coisas e achei esse print que tirei no Instagram do Digital Inferno.


Aparentemente é uma 883 e esse tanque com dois cilindros me fez lembrar de outro cara que tem uma moto muito invocada. O Gilberto lá do sul, que apesar de eu não conhecer pessoalmente acompanho o blog dele e tudo que ele faz na moto. Lokona com ele mesmo chama a moto é essa da foto abaixo.


E tem que tirar o chapéu porque o cara fez tudo na garagem de casa. Quem quiser ver mais um pouco da moto é só clicar aqui.

E Gilberto, um abraço meu bro. Sei que você sempre acompanha o Barbados.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016